Galeria Ana Lama

se pedirmos emprestado o seu coração como forma de divulgação de uma grande obra de arte, provavelmente a pessoa aprovará o uso

Retrata o caso de uma curadora exilada, num episódio de difamação por vários diretores de museus. O estranho caso de exílio da curadora portuguesa, Ana Lama, acontece numa altura em que supostamente todas as liberdades estão asseguradas.

No livro o texto é também imagem visual – com os cartazes; o texto é performance – com enunciados poéticos enquanto pautas para ações; o texto amplia-se na programação de um evento, um para além do texto que tenta manter-se coeso no romance. Os performers da programação destacam-se como os heróis máximos na contemporaneidade, num mundo onde só existe uma profissão e um desporto, o Minigolfe e deixou de existir um sentido lúdico livre.

24,60€

 

Disponível em Inglês em formato pdf  sob consulta.

encomendas:  galeriaanalama@gmail.com 

Ficha técnica

autor  Nuno Oliveira

produzido por OPÁ- Associação e Galeria Ana Lama 

cartazes  Margarida Chambel

revisão  Joaquim E. Oliveira

design gráfico  Ana Luisa Bouza

tradução  Flávia Rocha

impressão Imprensa Municipal de Lisboa 

ano de publicação  2021

nº de páginas 199

apoios  República Portuguesa – Cultura – Programa Garantir a Cultura; Câmara Municipal de Lisboa; República Portuguesa – Cultura – Direção Geral das Artes.